marketing digital

Nosso mundo está se movendo a uma velocidade incrível, tudo está mudando mais rápido do que nunca. Há apenas dez anos atrás, o conhecimento de SEO era suficiente para se sentir confiante no espaço da Internet (e a otimização era mais fácil do que nos dias de hoje), cinco anos atrás, o marketing na Internet parecia algo novo e incomum, e para muitos o termo era incompreensível. Agora, toda grande empresa deseja ter um profissional de marketing digital, capaz de organizar efetivamente promoções, analisar as atividades dos concorrentes e ajudar a melhorar a imagem da empresa na internet. A velocidade da mudança é evidenciada pelo fato de que muitas vezes os próprios empresários não entendem por que precisam desse especialista, embora tenham certeza de que isso é extremamente importante para a empresa. Mas agora já há muito mais conhecimento em marketing difundido na Internet e uma nova era chegou para ficar, a era do marketing digital.

Definição de Marketing Digital

Segundo o Wikipedia:

Marketing digital é o uso de todas as formas possíveis de canais digitais para promover uma marca. Atualmente, isso inclui: televisão, rádio, Internet, mídias sociais e outras formas. O marketing digital está intimamente entrelaçado com o marketing na Internet, mas já desenvolveu várias técnicas para atingir o público-alvo, mesmo em um ambiente offline (usando aplicativos em telefones, sms, exibições de propaganda nas ruas, entre outros.

Aqui, eu queria dizer que o digital é uma evolução do desenvolvimento do marketing na Internet , mas não é bem assim.  De fato, é uma disciplina complexa (baseada em tecnologias digitais) que usa diferentes tipos de marketing para promover um produto. Hoje, o marketing digital está  começando a usar amplamente as formas tradicionais de publicidade, cuja principal tarefa é “capturar” a atenção do público e arrastá-lo para o mundo virtual. O exemplo mais óbvio são os códigos QR em pôsteres e revistas de publicidade.

Dicas de Marketing Digital:

Que tipo de canal de mídia para obter informações podemos chamar de digital com confiança?

O mais importante , por direito, pode ser chamado de Internet e dispositivos que fornecem acesso a ele ( computadores, tablets, smartphones etc. ). Como meio de obter informações, comunicação e auto-realização de uma pessoa.

Redes locais  Redes internas de computadores de empresas ou áreas urbanas, de fato, são sistemas de informação independentes. Onde os usuários podem conversar, jogar, compartilhar as informações necessárias. No momento, a integração das redes locais com a Internet está gradualmente ocorrendo.

O próximo canal digital são os dispositivos móveis Anteriormente, as marcas entregavam mensagens via SMS, agora é popular instalar aplicativos de marca entre várias outras técnicas.

A televisão digital, a cada ano , cada vez mais confia no analógico e gradualmente se integra aos aplicativos da Internet. Agora você já pode usar sua TV para acessar sua página no Facebook, assistir a um vídeo no Youtube ou acessar as últimas notícias pela sua Smart TV.

Telas interativas , terminais POS. Costumamos encontrá-los em lojas, na rua, ou até mesmo em vagões de metrô. Esse é um tipo de mídia digital, que está substituindo gradualmente a publicidade externa padrão, porque permite que você interaja mais com o consumidor e conecte-o a uma mensagem ou, como os terminais POS, que podem ajudar a realizar compras.

Telas sensíveis ao toque (tablets) , leitores e outros dispositivos que permitem que o usuário receba novos conhecimentos, reproduza, assista a filmes, fique online e muito mais.

Gadgets digitais são dispositivos que podem coletar informações e transferi-las para outras mídias. Por exemplo, relógios inteligentes, óculos, pulseiras fitness, entre vários outros.

Arte digital é qualquer tipo de arte em que um computador é usado para criar ou reproduzir obras de arte. Pode ser um desenho, som, animação, vídeo, jogo, site, algoritmo, desempenho ou instalação. Muitas formas de arte tradicionais integram a tecnologia digital e, como resultado, os limites entre a arte tradicional e a mídia digital ficam embaçados.

Por que aprender marketing digital?

Familiar a todos, o marketing sempre envolveu enormes recursos de tempo e esforço. Foi difícil acompanhar o processo de implementação, promoção e venda de mercadorias. E ele, é claro, era muito caro. Por outro lado, o marketing digital é simples, acessível e extremamente eficaz. Você pode usar vários canais ao mesmo tempo para criar links de comunicação com clientes em potencial. Você pode se comunicar com eles online, o que permite não apenas dissipar rapidamente todos os tipos de dúvidas sobre o produto, mas também responder prontamente a questões de interesse, construindo a confiança necessária.

  • O uso do marketing digital na era digital não apenas permite que as marcas vendam seus produtos e serviços, mas também oferece suporte ao cliente on-line por meio de serviços 24×7, para que o cliente sinta apoio e apreço.
  • O uso de redes sociais na interação de marketing digital permite que as marcas recebam críticas positivas e negativas de seus clientes, além de determinar quais plataformas de mídia funcionam bem para eles.
  • O marketing digital oferece benefícios aprimorados para marcas e empresas. Atualmente, os consumidores geralmente deixam comentários nas redes sociais, blogs e sites sobre sua experiência com um produto ou marca.

Não é de surpreender que bilhões de dólares em marketing gastos em canais tradicionais já estejam começando a mudar para campanhas de marketing digital, e isso continuará a crescer à medida que a Internet evoluir.

Hoje, existem variados cursos de Marketing Digital que oferecem conteúdo de extrema qualidade para todos aqueles que querem se aprofundar nesse assunto e obter resultados começando um negócio novo ou investindo em um negócio já existente.

 O que as agências digitais fornecem?

Diferentemente das agências de mídia comuns que fornecem sites para seus anúncios. As agências digitais oferecem os seguintes serviços pelos quais você pode julgar as especificidades do trabalho na esfera digital:

  • Serviços padrão (desenvolvimento de sites, mídia e promoção contextual, design, produção de sites);
  • Estratégia abrangente de desenvolvimento da empresa em um ambiente digital (expertise e promoção);
  • Trabalhar com comunidades online (grupos e páginas em redes sociais, blogs, fóruns, sites especializados);
  • Organização de eventos, concursos (estratégia, criatividade, execução, análise de desempenho) em combinações de promoção online e offline;
  • Transferir um consumidor da esfera online para a esfera offline e vice-versa (ações, atividades etc.);
  • Códigos QR de marketing experimental, serviços de geolocalização, RFD, realidade aumentada, etc.

Estou certo de que as tendências no desenvolvimento na esfera digital terão como objetivo criar novos tipos de interação com o público. Pela primeira vez, na história do marketing, houve uma oportunidade de interação em que os próprios consumidores podem criar um produto de forma interativa. Diga o que eles pensam – e tenha certeza de que serão ouvidos. Agora, mesmo uma pequena empresa com um produto exclusivo e interessante, sem orçamentos especiais de publicidade, pode entregar em questão de minutos a sua mensagem para milhões de consumidores em potencial e se tornar uma grande corporação. Por outro lado, uma revisão negativa do produto pode afetar criticamente o nível de vendas da empresa. A capacidade de responder rapidamente às mudanças se tornou um fator crítico de sobrevivência. Consumimos mais informações por dia do que nossos ancestrais em um ano de vida. O mundo se tornou mais rápido, mais transparente e interessante. E somente nesse mundo o marketing digital poderia surgir com todas as suas manifestações.